Sondagem de hipótese de escrita: como fazer e analisar e mais lista com 20 grupos de palavras

A realização da sondagem a fim de prever a hipótese em que o aluno escreve, ou seja, o que ele já sabe sobre a escrita, pode ser feita a partir de uma lista de palavras, onde o professor faz um ditado de palavras, também de uma frase e em seguida pede a realização da leitura de cada uma. O professor nesse momento não pode interferir na escrita, nem sugestionar ou questionar.

 
A lista deve conter uma palavra polissílaba, uma trissílaba, uma dissílaba e um monossílabo. Ao final, o ditado de uma frase contendo uma das palavras do ditado.

 

Como analisar a sondagem de hipótese de escrita:

As hipóteses de escrita definidas por Emília Ferreiro são:

Pré-silábica:

O aluno diferencia desenho de escrita, ele escreve letras aleatórias, sem valor quantitativo, sem referência sonora e realiza uma leitura global, ou seja, lê a palavra como um todo, normalmente passa o dedinho pela palavra inteira ou ainda aponta a palavra.

Silábica sem valor sonoro convencional:

Nesta hipótese o aluno adéqua a escrita de acordo com os fonemas pronunciados, porém sem referência sonora de letra, utiliza letras diferentes para palavras diferentes, normalmente utiliza uma letra para cada sílaba e a leitura pode ser global ou ainda por cada sílaba pronunciada.

Silábica com valor sonoro convencional:

Aqui o aluno já descobriu que o som da letra deve ser representado na escrita, coloca então uma letra da sílaba fazendo referência ao som. Vez ou outra vê-se alunos representando a sílaba GA pela letra H, Ca por K, e hora usando vogal, hora consoante.

Silábico-alfabética:

O aluno já aprendeu que a escrita é formada pela junção de letras que formam sílabas, que formam palavras. Já “desvendou” o processo de escrita em sua forma convencional, mas ainda não dominou a convenção ortográfica.

Alfabética:

Agora o aluno além de escrever de maneira convencional alfabética, domina as convenções ortográficas da língua.
O ditado da frase complementa a análise do professor que irá analisar a escrita, a segmentação e a hipótese.
Não se prenda as regras ditadas por autores, cada aluno é único, é claro que você pode ditar mais de uma palavra. Apenas mantenha o cuidado e critério na hora de escolher as palavras, pois um aluno que ainda não escreve convencionalmente, ao ser confrontado na escrita e o professor ditar uma palavra por exemplo, com duas ou mais sílabas seguidas contendo a mesma vogal (GARRAFA), o aluno pode entrar em conflito e se recusar a escrever, pois o “som” A se repete e normalmente as crianças não repetem letras. Porém em outros momentos para fim de avanço na escrita, que não seja sondagem, onde o professor pode intervir e questionar, isso sim, é viável.
A sondagem realizada pelo professor a critério de avaliação da hipótese de escrita em que o aluno se encontra deve ser bem criteriosa, a fim de evitar equívocos na hora de analisar. Abaixo, alguns exemplos que encontrei na internet e outros que já utilizei:
ANIMAIS: DINOSSAURO, CAMELO, GATO, RÃ
MATERIAL ESCOLAR: APONTADOR, MOCHILA, LÁPIS, GIZ
DOCES: GELATINA, PAÇOCA, PUDIM, MEL OU BRIGADEIRO, GELÉIA, TORTA, BIS
ALIMENTOS: MUSSARELA, PRESUNTO, QUEIJO, PÃO
TEMPEROS: CEBOLINHA, PIMENTA, ALHO, SAL
LUGARES: PASTELARIA, CINEMA, FEIRA, BAR
FERRAMENTAS: FURADEIRA, MARTELO, CHAVE, PÁ
SENTIMENTOS: CARIDADE, CARINHO, AMOR, PAZ
BEBIDAS: VITAMINA, BEBIDA, CAFÉ, CHÁ
FESTA JUNINA: BANDEIRINHA, PIPOCA, BINGO, SOM
BRINQUEDOS: ESCORREGADOR, BONECA, BOLA, PÁ
DOCES: PIRULITO, PIPOCA, PUDIM, BIS
SALA: COMPUTADOR, ESTANTE, SOFÁ, SOM
NO ESCRITÓRIO: GRAMPEADOR, CANETA, MESA , CLIPS
ANIMAIS: MARIPOSA, FORMIGA, SAPO, BOI
FAMÍLIA: AFILHADO, MADRINHA, SOGRA, MÃE
UTENSÍLIOS DE LIMPEZA: ASPIRADOR, VASSOURA, BALDE, PÁ
FRUTAS: ACEROLA, MORANGO, CAQUI, UVA
NATAL: NASCIMENTO, ÁRVORE, JESUS, PAZ, LUZ
COMIDAS: MAIONESE, CHURRASCO, ARROZ, PÃO
ALIMENTOS: FEIJOADA, CEBOLA, ALHO, SAL
CASAMENTO: CONVIDADOS, VESTIDO, BUQUE, FLOR
ROUPA: CAMISOLA, VESTIDO, BLUSA, LÃ
CONSTRUÇÃO: CARRIOLA, CIMENTO, TINTA, CAL
LAVANDERIA: DESINFETANTE, VASSOURA, RODINHO, BALDE, PÁ
CORPO HUMANO: SOBRANCELHA, JOELHO, NARIZ, PÉ, ESTÔMAGO , PERNA, PÉ
MATERIAL DE CONSTRUÇÃO: FURADEIRA, TORNEIRA, PEDRA, CAL
FUTEBOL: FUTEBOL, BANDEIRINHA, CHUTEIRA, BOLA, GOL
MEIO AMBIENTE: RELÂMPAGO, ÁRVORE, TERRA, AR
MEIOS DE TRANSPORTE: CARRUAGEM, ÔNIBUS, BARCO, TREM
MEIOS DE COMUNICAÇÃO: COMPUTADOR, REVISTA, LIVRO, FAX
Você tem mais alguma sugestão? Deixe nos comentários que vou acrescentando à lista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *