Casamento caipira – peça teatral

Qual festa junina é festa junina sem o tradicional casamento caipira? Escrevi uma peça baseada em outros textos que encontrei surfando na internet, com uma linguagem bem infantil e perfeito para fazer com os pequenos. Com um final engraçado e romântico com a música tema do filme “Dirty Dancing” “Time of my life” e encerrando com a música tradicional da quadrilha onde os pares se apresentam.

Quem tiver dúvida no texto pode me mandar e-mail ou comentar que respondo com carinho.

No final do artigo, tem as músicas “Dirty Dancing” e a Quadrilha tradicional do o casamento caipira para você baixar!

Casamento caipira

 

Personagens:

 

Noiva: Chiquinha

Noivo: Zé do balaio

Mãe da noiva

Pai da noiva: João do Facão

Mãe do noivo: Jandira

Pai do noivo

Irmão da noiva: Zeca violeiro

Irmão do noivo

Moço rico

Padre

 

 

 

Entra o padre:

Padre: Onde é que estão os noivos? Cancelaram o casamento?

 

Entra o pai da noiva e a mãe da noiva arrastando a Chiquinha:

 

Mãe da noiva: Eu falei Chiquinha, para você não piscar para esse jacu, agora seu pai vai fazer você casar.

Noiva: Mas mãe, eu estava piscando para o moço rico, aí o Zé entrou na frente e o pai achou que eu pisquei para ele.

Padre: Vamos logo com esse casamento, onde está o noivo?

Mãe da noiva: Calma seu Padre, meu marido foi buscar aquele cachorro sarnento do Zé do Balaio.

 

Entra o pai da noiva com um facão nas costas do noivo. Atrás, entram a mãe e o pai do noivo.

Pai da noiva: Anda logo seu sem vergonha. Você não piscou para minha filha? Agora vai ter que casar.

Noivo: Eu não pisquei não seu João do Facão, era um cisco que caiu no meu olho, estava incomodando.

Irmão da noiva: Piscou sim pai, eu vi e ainda pegou na mão dela.

Todos: ohhhhhh (com espanto).

Mãe da Chiquinha: Pegou na mão dela? Ai, me segura que vou desmaiar.

 

Entra a mãe e o pai do noivo:

Mãe do noivo: Zé do Facão, pode largar meu filho que ele não vai casar com essa assanhada não, ela não lava nem os pés para dormir.

Noiva: Oras, eu lavo sim.

Noivo: Lava mesmo mãe, é cheirosinho.

Zé do Facão: Você cheirou os pés dela seu, seu, seu…

Irmão do noivo: Olha mãe, essa daí está só de olho é na herança.

Pai do noivo: Deixa ele casar Jandira, depois quem vai querer casar com esse caroço de azeitona chupada.

Irmão da noiva: Que herança o quê? Ele não tem dinheiro nenhum e ainda parece um galo de briga arrepiado.

Zé do Balaio: Olha, nós temas duas vaquinhas na roça.

Padre: Vamos parar de conversa fiada. Vai ter casamento sim ou não?

Todos: Sim!

 

Ao final do sim o noivo continua falando “não”, e o pai da noiva ameaça com o facão e ele muda e fala “sim” bem esticado.

 

Padre: Vamos começar logo que eu estou com fome. Zé do Balaio, você aceita se casar com a Chiquinha?

Noivo: Não (o pai ameaça com a facão) não consigo viver sem ela, aceito.

Padre: Chiquinha, você aceita se casar com o Zé do Balaio?

Chiquinha: Sim, até que enfim vou desencalhar!

Padre: Se tem alguém aqui que é contra esse casamento, que fale agora ou se cale para sempre.

 

Entra o moço rico:

Moço rico: Eu tenho! Chiquinha, não se case!

Chiquinha: Mãe, é o moço rico!

 

O Zé do balaio toma o facão do João e ameaça o rapaz.

 

Zé do balaio: Você pode sumir daqui filhote de cruz credo, a Chiquinha é minha!

 

Chiquinha olha emocionada para o Zé do balaio.

 

Chiquinha: O zé, você gosta de mim?

 

Entra a música “Time of my life” e eles cantam. Todos fazem a coreografia.

 

Padre: Eu os declaro marido e mulher e vamos para o baile pessoal!

 

 

Obs.: Oriente os participantes que usem e abusem da linguagem coloquial cheia de marcas “mineiras”, assim, a peça ficará mais engraçada ainda.

 

 

Músicas do casamento caipira:

 

Festa Junina – Quadrilha Tradicional – Instrumental 8 min

 

Dirty Dancing – Time of my Life (Final Dance) – High Quality

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *