A história dos números

A HISTÓRIA DOS NÚMEROS

Alguma vez, você já se perguntou como surgiram os números? Será que foi algum grande cientista matemático?
Os números surgiram da necessidade de contar objetos e coisas, e isso foi a mais de 30.000 anos atrás!

Nessa época, os homens viviam em cavernas e quando iam pescar ou caçar, levavam consigo pedaços de ossos ou de madeira para cada animal ou fruto que pegavam.

Com o tempo, o homem deixou de ser nômade e fixou moradia, assim, a necessidade de contar mudou, pois ele tinha que controlar seu rebanho. Para cada animal que ele tinha, utilizava uma pedra e no final do dia, para cada animal que entrava no cercado, uma pedra era retirada. Então, ele saberia se algum animal havia desaparecido.

A palavra que usamos hoje, cálculo, é derivada da palavra latina calculus, que significa pedrinha.
A correspondência unidade a unidade não era feita somente com pedras, mas eram usados também nós em cordas, marcas nas paredes, talhes em ossos, desenhos nas cavernas e outros tipos de marcação.
Com o tempo, as quantidades foram sendo representadas por gestos, palavras, símbolos e cada povo tinha uma maneira para fazer essa representação.

No início da história da escrita numérica, alguns povos, como os egípcios, anotavam os primeiros nove números inteiros pela repetição de traços verticais:

I II III IIII IIIII IIIIII IIIIIII IIIIIIII IIIIIIIII

Depois, com a dificuldade em contar esse método foi mudando.
Eles inventaram um sistema de numerais que registravam da direita para a esquerda esculpindo ou pintando em pedras.

 

Os Maias tinham como base não a dezena, mas a vintena e as potências de vinte. A razão, como se sabe, é devida ao hábito que os seus ancestrais tinham de contar não apenas com os dez dedos, mas também com os seus pés.

Os romanos usaram as letras do alfabeto para representar números:

I II III IV V VI VII VIII IX X L C D M

O sistema de numeração Romano é um sistema decimal, ou seja, sua base é dez. Este sistema é utilizado até hoje em representações de séculos, capítulos de livros, mostradores de relógios antigos, nomes de reis e papas e outros tipos de representações oficiais em documentos.

Os números, como usamos hoje em dia, foram criados pelos indianos no século V. As primeiras escritas parecem com a forma que escrevemos hoje. Então descobriram posições para os números formando assim números maiores com os mesmos algarismos.
Porém, quem difundiu toda essa forma de contar, forma os árabes, através de um grande matemático chamada al-Khwārizmī, que deu o nome aos mesmos, de “algarismos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *